Prova no RS define neste final de semana o último campeão de 2023

O Rio Grande do Sul tem sido palco importante nas disputas do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade neste ano. Depois de Estação, Erechim e Severiano de Almeida, agora Marcelino Ramos, região turística no norte do Estado, vai receber a última e decisiva etapa da temporada.

Em outubro, Rio Negrinho, SC, teve a definição do título na categoria Rally 4 (4×2), com os campeões antecipados, Luis Stedile e KZ Morales.

Em novembro, Severiano de Almeida, já no RS, viu acontecer a definição dos vencedores por antecipação na categoria Rally 5 (4×2), para José Barros Neto e João Remor.

Agora, em Marcelino Ramos, neste final de semana, dias 8 e 9, a briga vai colocar frente a frente, brasileiros e uruguaios.

Federico Ensslin e Martin Villete vem do Uruguai e disputam pela primeira vez o certame nacional. Eles lideram a disputa na categoria Rally 2 (4×4), mas apenas com dois pontos à frente: 143 a 145 pontos da dupla Milton Pagliosa e Vinicius Anziliero, de Erechim, que representam o Brasil na disputa.

São as únicas duas duplas ainda com condições de ser campeão e quem vencer, leva a taça.

Pagliosa e Anziliero se mostram felizes por chegar ao final do Campeonato na condição de brigar pelo título. “Pela primeira vez, decidi fazer toda a competição, desde a primeira à última etapa. Isso criou as condições para estarmos na disputa. Buscamos pontuar o máximo possível em cada etapa”, explica Milton. A dupla venceu as provas de Erechim e recentemente em Severiano de Almeida.

“Para nós já é uma conquista importante poder alcançar o vice-campeonato. Acredito que contempla nossa expectativa neste ano. Se vier algo mais, certamente será um motivo a mais para celebrar, mas pelo nível da disputa em 2023, chegar entre os primeiros já será bem relevante”, completa.

“Estamos indo para esta etapa com a melhor expectativa. Sabemos que temos um bom ritmo. Para essa corrida em particular, se trabalhou muito mais no carro, justamente para evitar ter algum problema durante a corrida. Esperamos que dê resultado e consigamos fazer uma grande corrida e terminar conquistando esse grande sonho que é para nós, os campeonatos Brasileiro e Gaúcho de Rally de Velocidade de 2023, que seria uma coisa inédita para uma dupla uruguaia e para o Uruguai”, acrescenta o piloto Federico Ensslin.

Programação

O Rally Termas abre sua programação na sexta-feira, dia 8 de dezembro. Neste primeiro dia haverá reconhecimento das especiais pelos competidores, vistorias dos veículos de competição e também uma primeira prova do que promete ser o rally, com a realização de uma street stage, pequeno trecho percorrido pelos competidores em ritmo de prova, no centro da cidade de Marcelino Ramos. Esta especial será realizada na noite da sexta-feira.

Já o sábado, dia 9, será marcado pela disputa da corrida em si, com nove especiais ao longo do dia. Entre as novidades estão roteiros inéditos pelo interior dos municípios de Marcelino Ramos e Viadutos. Todas as especiais serão em estradas de terra.

O Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade (BRdeRally) tem supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e apoio da Associação Brasileira de Rally (ABRA).

PROGRAMAÇÃO DO RALLY TERMAS

SEXTA-FEIRA, DIA 8/12

07:30 – Início do reconhecimento das especiais

09:00 – Vistoria técnica

18:30 – Encerramento do reconhecimento das especiais

19:30 – Street Stage Automar

SÁBADO, DIA 9/12

09:38 – SS Linha São Paulo 1

10:06 – SS Viadutos 1

10:39 – SS Suzana 1

13:17 – SS Linha São Paulo 2

13:45 – SS Viadutos 2

14:18 – SS Suzana 2

16:11 – SS Linha São Paulo 3

16:39 – SS Viadutos 3

17:17 – SS Suzana 3Disputa Brasil x Uruguai: a final do Brasileiro de Rally

Prova no RS define neste final de semana o último campeão de 2023 O Rio Grande do Sul tem sido palco importante nas disputas do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade neste ano. Depois de Estação, Erechim e Severiano de Almeida, agora Marcelino Ramos, região turística no norte do Estado, vai receber a última e decisiva etapa da temporada.Em outubro, Rio Negrinho, SC, teve a definição do título na categoria Rally 4 (4×2), com os campeões antecipados, Luis Stedile e KZ Morales.Em novembro, Severiano de Almeida, já no RS, viu acontecer a definição dos vencedores por antecipação na categoria Rally 5 (4×2), para José Barros Neto e João Remor.Agora, em Marcelino Ramos, neste final de semana, dias 8 e 9, a briga vai colocar frente a frente, brasileiros e uruguaios.Federico Ensslin e Martin Villete vem do Uruguai e disputam pela primeira vez o certame nacional. Eles lideram a disputa na categoria Rally 2 (4×4), mas apenas com dois pontos à frente: 143 a 145 pontos da dupla Milton Pagliosa e Vinicius Anziliero, de Erechim, que representam o Brasil na disputa.São as únicas duas duplas ainda com condições de ser campeão e quem vencer, leva a taça.Pagliosa e Anziliero se mostram felizes por chegar ao final do Campeonato na condição de brigar pelo título. “Pela primeira vez, decidi fazer toda a competição, desde a primeira à última etapa. Isso criou as condições para estarmos na disputa. Buscamos pontuar o máximo possível em cada etapa”, explica Milton. A dupla venceu as provas de Erechim e recentemente em Severiano de Almeida.“Para nós já é uma conquista importante poder alcançar o vice-campeonato. Acredito que contempla nossa expectativa neste ano. Se vier algo mais, certamente será um motivo a mais para celebrar, mas pelo nível da disputa em 2023, chegar entre os primeiros já será bem relevante”, completa.“Estamos indo para esta etapa com a melhor expectativa. Sabemos que temos um bom ritmo. Para essa corrida em particular, se trabalhou muito mais no carro, justamente para evitar ter algum problema durante a corrida. Esperamos que dê resultado e consigamos fazer uma grande corrida e terminar conquistando esse grande sonho que é para nós, os campeonatos Brasileiro e Gaúcho de Rally de Velocidade de 2023, que seria uma coisa inédita para uma dupla uruguaia e para o Uruguai”, acrescenta o piloto Federico Ensslin.ProgramaçãoO Rally Termas abre sua programação na sexta-feira, dia 8 de dezembro. Neste primeiro dia haverá reconhecimento das especiais pelos competidores, vistorias dos veículos de competição e também uma primeira prova do que promete ser o rally, com a realização de uma street stage, pequeno trecho percorrido pelos competidores em ritmo de prova, no centro da cidade de Marcelino Ramos. Esta especial será realizada na noite da sexta-feira.Já o sábado, dia 9, será marcado pela disputa da corrida em si, com nove especiais ao longo do dia. Entre as novidades estão roteiros inéditos pelo interior dos municípios de Marcelino Ramos e Viadutos. Todas as especiais serão em estradas de terra.Esta ação integra o projeto Rally Termas de Marcelino Ramos 2023, que é financiado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul por meio do PRÓ-ESPORTE/RS LIE. Tem o patrocínio da Cavaletti Cadeiras Profissionais, Triel HT, Perfil Metais, Gasparin e Evidal, com apoio da Prefeitura de Marcelino Ramos e Prefeitura de Viadutos. PROGRAMAÇÃO DO RALLY TERMASSEXTA-FEIRA, DIA 8/1207:30 – Início do reconhecimento das especiais09:00 – Vistoria técnica18:30 – Encerramento do reconhecimento das especiais19:30 – Street Stage AutomarSÁBADO, DIA 9/1209:38 – SS Linha São Paulo 110:06 – SS Viadutos 110:39 – SS Suzana 113:17 – SS Linha São Paulo 213:45 – SS Viadutos 214:18 – SS Suzana 216:11 – SS Linha São Paulo 316:39 – SS Viadutos 317:17 – SS Suzana 319:00 – Premiação

19:00 – Premiação

Termos de responsabilidade

1. Declaro conhecer o Regulamento Desportivo do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade 2022 e todas as implicações contidas no mesmo, e acatar adendos, ainda que posteriores ao presente ato.

2. Declaro estar em plenas condições físicas e mentais para participar deste tipo de competição.

3. Declaro estar ciente que todos os riscos de acidentes comigo e meu co-piloto, e que deverei assumir todas as responsabilidades decorrentes de acidentes, inclusive despesas médico-hospitalares, consertos, indenizações judiciais ou extrajudiciais a terceiros, decorrentes de acidentes que tiver dado causa durante a participação no evento, isentando os organizadores, promotores, patrocinadores e entidades fiscalizadoras do evento de qualquer responsabilidade decorrente de sinistro desta natureza.

4. Autorizo o registro de imagens da minha equipe (piloto, navegador e veículo) em foto e vídeo, assim como a utilização de forma gratuita destas para fins de divulgação do evento por parte dos organizadores, promotores, patrocinadores e supervisores do evento, sem qualquer restrição.

5. Confirmo a veracidade em todas as informações prestadas na ficha de inscrição, e que a original terá minha assinatura na secretaria da prova.